Audiência pública debate medidas para evitar extinção da banda sinfônica paulista

Parlamentares assinaram documento pedindo fim do contingenciamento da verba destinada à entidade

O deputado Luiz Carlos Gondim (Solidariedade), participou da audiência pública para debater medidas para evitar extinção da banda sinfônica paulista. O evento aconteceu na Assembleia Legislativa, no plenário Franco Montoro, realizada no dia 07 de fevereiro, com a participação de integrantes da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, acompanhados pelo maestro Marcos Sadao Shirakawa, e do deputado Carlos Giannazi (PSOL), proponente do encontro.

Na oportunidade os parlamentares informaram que a Assembleia apresentou uma emenda ao Orçamento de 2017 direcionando à banda verba de R$ 5 milhões, quantia que garantiria seu funcionamento, mas que foi contingenciada pelo governador, verba insignificante para um orçamento de R$ 200 bilhões.

O deputado Gondim, idealizador da Frente Parlamentar em apoio às Bandas e Fanfarras do Estado de São Paulo, lamentou o contingenciamento da verba. O parlamentar citou ação do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, que distribuiu acessórios de bandas para alunos, incentivando a música nas escolas. Ele entende que São Paulo “fecha as portas do bem para os estudantes e, consequentemente, abre as portas do mal”.

No mesmo dia os líderes da ALESP, apresentaram no Colégio de Líderes, em reunião realizada pouco antes da audiência, um documento, assinado por todos os líderes partidários, pedindo ao governador a liberação da verba.

Deixe uma resposta