Corporação Musical “Lira São José Operário” recebe título de utilidade pública

A Corporação Musical “Lira São José Operário”, de Mogi das Cruzes passa a considerada oficialmente entidade de utilidade pública graças ao projeto de lei de autoria do deputado estadual Luiz Carlos Gondim (Solidariedade), aprovado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. A matéria foi sancionada e promulgada pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB) no dia 28 de novembro.

O parlamentar comemorou decisão e destacou a importância da agremiação para a Cidade. “Meu objetivo ao apresentar o projeto de lei na Assembleia Legislativa para transformar a banda em utilidade pública foi valorizar e ajudar a Corporação Musical “Lira São José Operário”, uma das mais tradicionais da cidade, sempre presente nos eventos, que precisa desse estímulo para manter as suas atividades no Município”, destacou.

Ele alega ainda que é uma forma de reconhecimento a esse grupo de músicos, que ajuda a divulgar a nossa cultura, com um repertório diversificado de canções, misturando desde marchinhas carnavalescas até clássicos da nossa música popular brasileira. “A Lira é um patrimônio do município e a trajetória dela está totalmente ligada à história de Mogi. Para mim foi muito gratificante poder contribuir com esse processo”, reforça.

Os músicos, entre eles, Josemir Ferraz Campos, agradeceram o deputado e disseram que essa transformação vai fortalecer a corporação e ajudar a manter suas atividades no município.

A Corporação Musical “Lira São José Operário” foi fundada no dia 19 de março de 2009 quando, por iniciativa de alguns músicos como o Senhor Olímpio Ferreira Gomes, Valteli Rodrigues de Aguiar, Waldomiro Zappile e outras pessoas amigas da música de banda foi convocada uma Assembleia Geral que contou com a presença de 47 participantes.

A Lira São José Operário fez sua primeira apresentação no dia 22 de abril de 2009, no cortejo do mastro da Festa de São José Operário daquele ano.

Posteriormente fez várias apresentações, ressaltando-se a apresentação no CIARTE, dentro da 1ª Mostra de Inverno  promovida pela Secretaria Municipal de Cultura de Mogi das Cruzes. Em outras ocasiões apresentou-se na Entrada dos Palmitos da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes; na Festa de São Benedito, em Igaratá.

Apresentou-se também no Coreto da Praça Oswaldo Cruz, em Mogi das Cruzes, por duas vezes, dentro do Projeto “Arte na Praça” de Mogi das Cruzes, entre outras apresentações culturais.

A Corporação Musical “Lira São José Operário” tem por objetivos:  criar e manter, em caráter permanente, uma banda de música e uma escola para o ensino gratuito de música; estimular os jovens da comunidade a frequentar as aulas de música, com vistas à sua socialização e profissionalização; formar músicos; promover ensaios para os instrumentalistas;  participar de eventos cívicos, artísticos, religiosos, culturais, populares ou recreativos que ocorrem no município, entre outras atividades.

“Estas são, em síntese, algumas das justas razões que levaram este parlamentar a apresentar o presente Projeto de Lei”, concluiu Gondim.

Deixe uma resposta