Deputado Gondim vota a favor dos funcionários públicos e contra o orçamento de 2018

Em favor dos funcionários públicos do Estado de São Paulo, o deputado Luiz Carlos Gondim (Solidariedade), votou contra orçamento do Governo Estadual de 2018. A votação aconteceu na madrugada do dia 28 de dezembro, na Assembleia Legislativa.

O parlamentar justificou o voto relatando as diversas reuniões na Comissão de Saúde e no Palácio dos Bandeirantes, pedindo atenção especial do Governo ao Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (IAMSPE).

“Não posso votar contra os funcionários públicos. Meu voto é a favor de pessoas que precisam de uma Santa Casa, que precisam do Hospital do Servidor Público, que está sucateado, com falta de médicos, com médicos que não querem mais ir trabalhar. São funcionários aposentados, a grande maioria, que não conseguem pagar um plano de saúde. Essas pessoas, realmente, estão morrendo. Estão sem assistência médica. Os funcionários públicos do estado de São Paulo não estão sendo socorridos”.

Gondim falou  ainda da grave situação financeira do Instituto. “O IAMSPE está passando por dificuldades  até para realizar todos os atendimentos que são solicitados pelos servidores públicos. O governo precisa repassar mais R$ 100 milhões para o Instituto para que assim consiga fechar as contas do ano no azul e vou continuar minha luta para que isso aconteça”, argumentou.

O deputado também fez questão de destacar que economizar com saúde e educação é uma economia burra. “Quando você investe em medicina preventiva, você está economizando lá na frente. Quando você educa, também está economizando”, reforçou Gondim.

Deixe uma resposta