R$ 2 milhões para Santa Casa de Mogi das Cruzes

O governador Márcio França (PSB) afirmou que vai repassar R$ 2 milhões à Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes, referência na assistência de média e alta complexidade no Alto Tietê. O convênio, que deverá ser assinado até o final de julho, vai ajudar a amortizar o déficit da instituição, estimado em cerca de R$ 450 mil mensais.

A liberação do repasse foi solicitada pelo deputado Luiz Carlos Gondim (PTB) e pelo vereador Francisco Moacir Bezerra de Melo Filho (PSB), o Chico Bezerra, durante audiência realizada na manhã desta sexta-feira no Palácio do Bandeirantes. Eles solicitaram esse encontro com o governador para cobrar os repasses atrasados dos programas Santa Casa Sustentável e Pró Santa Casa.

O deputado explicou à França que desde 2015 o Governo vem promovendo cortes e atrasos repasses dos programas, fator que está prejudicando os trabalhos da instituição, que atualmente sofre com um déficit de cerca de R$ 450 mil mensais. Gondim disse que se somar todos os atrasados, essa dívida do Estado com a Santa Casa ultrapassa dos R$ 8 milhões. Já há algum tempo ele e o vereador Chico Bezerra vem insistindo nesse pedido.

Depois de ouvir os argumentos dos parlamentares, o Chefe de Estado se dispôs a tentar minimizar o problema com a liberação urgente de parte dos recursos e se comprometeu em estudar uma forma de colocar as contas em dias.

A conquista do benefício foi comemorada pelo deputado, que sempre trabalhou para ajudar as Santas Casas. Neste mês, por exemplo, ele destinou R$ 450 mil em emendas parlamentares para a entidade.  Agora, com a confirmação do repasse de mais R$ 2 milhões, Gondim acredita que a instituição vai ter mais fôlego para ajustar suas contas e manter um atendimento de qualidade à população.

“Essa é uma recompensa pela nossa luta. O governador Márcio França demonstra que está comprometido com a saúde no nosso Estado e entendeu que a Santa Casa de Mogi precisa muito dessa verba para continuar seu trabalho”,  destacou Gondim.

Ele afirma que a Santa Casa de Mogi precisa desse apoio do Estado para poder atender a demanda, que aumentou muito nos últimos anos. Até o início deste ano o setor de maternidade realizava 14 partos por dia e hoje faz 24.  “A grande maioria da nossa população é atendida pelo SUS e precisa da nossa ajuda. A região do Alto Tietê está com a saúde defasada. A Santa Casa está com problemas de superlotação e precisa dessa ajuda do Estado”, reforçou o parlamentar.

Gondim informou ainda que a partir de agora vai unir esforços com o vereador Chico Bezerra para conseguir ainda mais liberação dos recursos para a execução do projeto de reforma e ampliação do setor de Maternidade  e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), cujas obras estão orçadas em aproximadamente R$ 6 milhões. O assunto deve ser tratado em audiência nos próximos dias.

 

Cidadania

Durante a audiência, Chico Bezerra, em nome da Câmara Municipal de Mogi das Cruzes aproveitou para entregar o título de Cidadão Mogiano ao governador Márcio França, pelos relevantes serviços prestados ao Município.  “Foi um título aprovado em 2015, quando ele ainda era vice-governador e mostra o quanto ele ajudou na Educação e na Saúde do Estado”, afirmou o vereador, autor da iniciativa.

Gondim também elogiou a atitude de Bezerra de homenagear o governador. “Trata-se de um título muito bom para mostrar que os vereadores estão atentos ao trabalho do Márcio França”, completou o deputado.

“Sinto-me honrado em receber esse título, pois Mogi das Cruzes é uma das cidades mais importantes de São Paulo, muito próspera e desenvolvida. Quero agradecer muito a todos os vereadores, em especial ao Chico Bezerra pela lembrança”, ressaltou França.

Deixe uma resposta